Arquivo da tag: intermodal

Bicicleta “vence” mais um intermodal

Entre as atividades de promoção da mobilidade urbana, na Semana Nacional de Trânsito, foi realizado na última segunda-feira (23) mais um Desafio Intermodal de Brasília.  E foi um dos participantes que usaram a bicicleta o que percorreu mais rápido o trajeto entre a QE 7, no Guará, e o Museu Nacional – uma distância que variou de 13 a 15 km de acordo com o modal.

Roberto Ramos, de 31 anos, levou 21 minutos e 50 segundos para vencer o percurso em cima de uma mountain bike. Ele ficou à frente, por exemplo, do participante que pegou um táxi (23 minutos e 30) e do que usou um carro particular (24 minutos e 10). Todos saíram do Guará às 7h57.

Obs.: O voluntário que faria o trajeto de moto – um potencial “vencedor” – não pôde participar.

Veja os resultados (leia mais aqui):

Bicicleta mountain bike: 21:50
Táxi: 23:30
Carro: 24:10
Bicicleta fixa: 24:35
Bicicleta fixa: 27:10
Bicicleta speed: 29:50
Bicicleta speed: 30:41
Bicicleta mountain bike: 34:26
Metrô + bicicleta urbana: 39:12
Ônibus: 44:09
Metrô: 55:17
A pé (corrida leve): 1:44:40
A pé (caminhando): 2:12:55

Anúncios

Bike contra avião

A Califórnia testemunhou neste sábado um novo desafio intermodal: bicicleta contra avião. Tudo começou quando a empresa JetBlue (do mesmo dono da brasileira Azul) resolveu oferecer, numa jogada de marketing, um vôo entre as cidades de Burbank e Long Beach. A viagem de pouco mais de 50 quilômetros seria feita em cerca de 20 minutos, de avião, como alternativa à interdição de uma rodovia.

Uma troca de mensagens no Twitter resultou na idéia do desafio: uma grupo de ciclistas tentaria fazer o mesmo percurso mais rápido que o avião da JetBlue. Obviamente, não foi uma competição direta, mas uma comparação baseada no resultado prático. Por isso, os ciclistas partiram no momento em que uma dupla de passageiros saía de casa, com a antecedência recomendada pela companhia. Também para dar realismo à disputa os desafiantes tiveram de respeitar todas as regras de trânsito na viagem.

No fim, os ciclistas cumpriram o trajeto em 1h34, enquanto os “rivais” de avião precisaram de 2h54, contando um táxi até o ponto final. Na última hora, a brincadeira ganhou outros participantes, que, de acordo com dados extraoficiais, também acabaram batendo a JetBlue. Um sujeito que uniu caminhada e trem fez o percurso em 1h44. E uma mulher teria completado o trajeto em 2h40… de patins!

Desafio Intermodal de Brasília

Depois de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis, Curitiba, Maringá e outras cidades, Brasília aproveitou o Dia Mundial sem Carro para realizar seu primeiro Desafio Intermodal. A missão era vencer um percurso de 15 km, entre a QI 25 do Guará II e a Praça das Bicicletas (Museu da República), com saída às 7h22. E os resultados foram:

Moto: 27 minutos
Bicicleta: 28 minutos
Bicicleta: 29 minutos
Bicicleta: 30 minutos
Integração bicicleta-metrô: 31 minutos
Bicicleta: 40 minutos
Integração ônibus-metrô: 43 minutos
Carro: 57 minutos
Integração bicicleta-ônibus: 57 minutos
Bicicleta: 58 minutos
Metrô: 60 minutos
Ônibus: 98 minutos

Desafio Intermodal do Rio

Na noite da última quinta-feira, foi realizado o 4º Desafio Intermodal do Rio de Janeiro, uma experiência que tenta avaliar a eficiência de diferentes meios de transporte. A missão, desta vez, era ir da Central do Brasil, no centro da cidade, à Praça Antero de Quental, no bairro do Leblon, Zona Sul do Rio. A “vitória” – termo de que os organizadores do evento não gostam por sugerir uma competição – ficou com a combinação entre metrô e bicicleta pública (no sistema Samba). Unindo os dois meios de transporte, foi possível cumprir o trajeto em 49 minutos, contra 55 minutos de moto, 64 minutos de carro e nada menos que 124 minutos de ônibus.

Importante notar as regras do desafio: os participantes tinham de passar pela estação Siqueira Campos de metrô, em Copacabana; respeitar as leis de trânsito e as regras de segurança de cada modal utilizado; e, no caso do automóvel particular, estar com o veículo estacionado na largada e estacioná-lo antes de chegar ao ponto de encontro final.

Confira abaixo os resultados:

Integração metrô-bicicleta pública: 49 minutos
Integração metrô-bicicleta dobrável: 50 minutos
Moto: 55 minutos
Bicicleta pela rua (homem): 58 minutos
Integração metrô-skate: 59 minutos
Carro: 64 minutos
Integração metrô-ônibus: 69 minutos
Bicicleta pela ciclovia: 70 minutos
Metrô-ônibus comum: 75 minutos
Bicicleta pela rua (mulher): 76 minutos
Táxi: 79 minutos
Ônibus: 124 minutos
Pedestre: 127 minutos