Arquivo do mês: novembro 2014

Oficina mostra como fiscalizar políticas de mobilidade urbana

O Observatório Social de Brasília e o Movimento Nossa Brasília realizam, no dia 6 de dezembro (sábado), a partir das 9h, a oficina “Transparência e Mobilidade”. O evento tem como objetivo mostrar a importância do controle social e apresentar meios para a obtenção de informações públicas, com foco nas políticas de mobilidade urbana do Distrito Federal.

Na oficina, entre outras atividades, serão discutidas as principais diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei 12.587/2012) e apresentadas maneiras de usar a Lei de Acesso à Informação (Lei 12.527/2011) para obter informações que, apesar de públicas, nem sempre são de fácil acesso pela sociedade.

Confirme sua presença. As vagas são limitadas.

Oficina “Transparência e Mobilidade”
Data: 6/12/2014
Horário: 9h às 13h
Local: Balaio Café (CLN 201, Bloco B – Asa Norte)

Expansão de ciclovias impulsiona o turismo de bicicleta em São Paulo

Vivian Reis
Do G1, em São Paulo

Com cada vez mais quilômetros de ciclovias por São Paulo, os turistas, e também moradores que querem ver a cidade por outro ângulo, estão desbravando a capital sobre duas rodas em passeios oferecidos por agências de turismo. Elas apostam no forte apelo de marketing das bicicletas após a boa recepção dos paulistanos ao aumento das vias para ciclistas.

Desde junho estão sendo inauguradas novas ciclovias, e a cidade tem hoje 183,3 km de vias para bicicletas, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A meta da Prefeitura de São Paulo é entregar um total de 400 km de novas ciclovias até o final de 2015. Os passeios oferecidos pelas agências já utilizam essas rotas, mas os trajetos não ficam restritos às ciclovias.

O aumento de ciclovias na cidade causou polêmica e debates acalorados nas redes sociais. Em meio à comemoração dos cicloativistas, comerciantes reivindicam calçadas livres para receber mercadorias, motoristas questionam o impacto no trânsito e moradores se preocupam com a falta de vagas para estacionar.

Mas pesquisa realizada pelo Ibope apontou que 88% dos paulistanos são favoráveis à criação de mais ciclovias na cidade. “O investimento nas ciclovias abriu um nicho de mercado, mas a curto prazo contamos mais com o marketing que ele oferece do que com o lucro”, afirma Gustavo Angimahtz, fundador da agência Pediverde.

(…)