Arquivo do mês: maio 2013

Cidades amigas da bicicleta (II)

Se já foi uma surpresa o Rio de Janeiro em 18º no ranking das cidades mais “amigas da bicicleta” do site Copenhagenize, em 2011, o que dizer da nova lista, divulgada este mês? A capital fluminense – mesmo com um punhado de mortes de ciclistas nos últimos meses – subiu para a 16ª posição, à frente de Barcelona e Paris, por exemplo.

Os critérios, em tradução livre, são os seguintes: ongs pró-bicicleta, cultura da bicicleta, equipamentos públicos, infraestrutura, sistema de aluguel, participação por gênero, grau de utilização, aumento do grau de utilização (desde 2006), sensação de segurança, política, aceitação social, planejamento urbano e atenuação do tráfego.

Veja o ranking:

1. Amsterdã
2. Copenhague
3. Utrecht
4. Sevilha
4. Bordeaux
6. Nantes
6. Antuérpia
8. Eindhoven
9. Malmo
10. Berlim
11. Dublin
12. Tóquio
13. Munique
13. Montreal
13. Nagoia
16. Rio de Janeiro
17. Barcelona
17. Budapeste
19. Paris
19. Hamburgo

Anúncios

Copa da imobilidade

VLT, BRT, ampliação do metrô. Como nada disso ficou pronto, o governo do Distrito Federal resolveu, para os primeiros eventos teste da Copa das Confederações e da Copa do Mundo, soluções inovadoras: bloquear vias, desviar caminhos e pedir a “colaboração” das pessoas.

Para a partida entre Santos e Flamengo, no domingo, resolveu, além de tudo isso, abrir o Eixo Rodoviário ao trânsito de carros – há 20 anos o local, aos domingos, é reservado ao lazer da população. No ano passado, o governador Agnelo Queiroz transformou a tradição em norma, sancionando a Lei 4.757, que diz o seguinte:

Art. 2º O Eixão do Lazer abrange os Eixos Rodoviários Sul e Norte, que ficarão liberados para a população aos domingos e feriados no horário das 6h às 18h.

Por isso, cresce um movimento na internet para ocupar o Eixão do Lazer no domingo, fazendo valer a tradição e a lei. O #OcupaEixao deve levar famílias inteiras ao local para bloquear o acesso não de pessoas, mas de carros, à via.

O governo local finge que não sabe. E, por meio da Secretaria de Segurança, manda avisar que as “forças de segurança” tomarão as medidas necessárias para coibir atitudes contrárias à “festa” pré-Copa.

A história, até aqui, não é boa. Vejamos domingo como vai continuar.

Christine, o carro assassino

Uma busca por “ciclista” ou “pedestre” e “atropelado” no Google Notícias dá resultados como:

Vídeo flagra caminhão atropelando ciclista em avenida de Manaus

Ciclista morre após ser atropelado por carro na Estrutural, no DF

Ciclista morre depois de ser atropelado por ônibus em Belém

Ciclista morre atropelado por caminhão de limpeza no Rio

Ônibus atropela pedestre no corredor da Avenida São Jorge em Campinas

Moto atropela pedestre na Avenida das Américas

Motociclista atropela pedestre e carro bate contra parede para desviar

Carro atropela e mata pedestre na Via Dutra, no RJ

E um incrível:

Ciclista de 14 anos morre ao ser atropelado por veículo na SC-120

A impressão que se tem é que as ruas estão tomadas por automóveis com vontade própria que, aqui e ali, disparam contra pedestres e ciclistas, e até outros automóveis, sempre por razões alheias à vontade ou ao controle de quem os conduz. É só coincidência?