Bicicletas na Unicamp e na USP

A Unicamp é mais uma universidade brasileira a entrar na onda das bicicletas comunitárias. O sistema mobic entra em funcionamento nesta segunda-feira (2) em caráter de teste. Serão dez bicicletas à disposição de alunos, funcionários e professores, gratuitamente, mediante cadastro online.

Inicialmente, haverá apenas um ponto de empréstimo, onde o usuário deverá retirar e devolver a bicicleta, que poderá ser usada por até 4 horas. O atendimento será feito por colaboradores do projeto. A meta é aumentar a “frota” de bicicletas para 300 (até o fim do ano) e implementar um sistema automatizado com pelo menos dez estações.

Na USP, o projeto PedalUSP, anunciado no fim do ano passado, também sairá do papel na próxima semana, mais exatamente na quarta-feira (4). A principal diferença em relação ao mobic é que o sistema da USP já começará automatizado. A fase de testes terá duas estações e quatro bicicletas.

Em Brasília, a UnB tem um sistema de compartilhamento desde 2009, o Bicicleta Livre. O funcionamento é bem simples: as bicicletas, liberadas em pontos de grande fluxo, podem ser usadas livremente, sem necessidade de cadastro ou registro do empréstimo. É só pegar e deixar em outro lugar movimentado. O projeto de extensão também inclui a participação de alunos no conserto das bicicletas e em campanhas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s