PedalUSP dá samba

As cidades brasileiras ainda estão longe de implementar, com sucesso, um sistema de compartilhamento de bicicletas como os que se multiplicam em todos os cantos do mundo. Na Universidade de São Paulo (USP), contudo, o serviço deve se tornar realidade em breve, graças a um projeto de dois graduados em engenharia mecatrônica, viabilizado pelo Programa de Pesquisa e Experimentação sobre Sustentabilidade para o Campus (Propesc).

O PedalUSP nasceu de um intercâmbio feito por Maurício Matsumoto e Maurício Vilar na França. Lá, os estudantes conheceram sistemas de bicicletas comunitárias operados em cidades como Paris, Lyon e Marseille. O exemplo francês virou projeto de graduação e, logo, um plano mais ambicioso: instalar dez estações, com um total de 100 bicicletas disponíveis, no campus.

Nas estações do PedalUSP, as bicicletas ficam presas a uma barra, de onde só se soltam mediante a identificação do usuário (aluno, professor ou funcionário). O empréstimo é gratuito, mas há um limite de 30 minutos, sob pena de multa ou exclusão do serviço.

O PedalUSP começará com duas estações experimentais. A implementação do projeto completo dependerá da obtenção de patrocínio.

Anúncios

Uma resposta para “PedalUSP dá samba

  1. Pingback: Bicicletas na Unicamp e na USP | Pedaladas Capitais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s