Motorista condenado

O contador Leonardo Luiz da Costa foi condenado, nesta quinta, a seis anos de prisão em regime semiaberto, pelo atropelamento e morte do ciclista Pedro Davison, de 25 anos, em agosto de 2006, na “faixa presidencial” (proibida a automóveis) do Eixão Sul. O motorista não prestou socorro e só foi detido pela polícia graças a informações fornecidas por uma testemunha. Ele estaria em velocidade superior à permitida e sob efeito de álcool no instante do atropelamento.

A decisão foi do Tribunal do Júri do Distrito Federal. O réu pode recorrer em liberdade.

Leia a carta aberta dos pais de Pedro, datada de 6 de fevereiro, aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s